EDUCAÇÃO

Professores da rede estadual paralisarão atividades nesta terça-feira (21)

Categoria cobra reposição salarial e melhorias na estrutura de ensino
21 de junho de 2022
Compartilhe

Professores e profissionais da educação realizarão movimento de paralisação em todo Estado e um ato em Curitiba nesta terça-feira (21). A pauta de negociações foi aberta com o governo ainda no mês de abril.

Conforme o Diretor de Política Sindical do Núcleo da APP-Sindicato na região, professor Sérgio Ferreira, em entrevista à Rádio Club de Palmas nesta segunda-feira (20), o ato servirá para que o governo apresente uma proposta de reposição das perdas da inflação antes de até 2 de julho, último dia do prazo eleitoral.

De acordo com ele, as perdas alcançam 36%, mas os professores negociam uma reposição de 15%. Além disso, pretendem que o governo reveja o percentual de desconto para os aposentados e a forma de seleção para professores temporários. Outra reivindicação é para que se promova a estruturação de profissionais para atender as demandas das escolas.

Conforme professor Sérgio é a primeira vez em três anos que o governo abriu uma possibilidade de negociação e que agora se busca a efetivação de medidas que atendam as reivindicações apresentadas.

Salientou que é importante que os pais e alunos compreendam esse movimento, que trata de assegurar o presente o futuro da educação no estado do Paraná. Além das melhorias das condições atuais, a luta é para que as condições dos profissionais possam motivar as pessoas para a profissão do magistério.

 

Por Guilherme Zimermann - RBJ

Leia também