Até a tarde desta terça-feira, foram aplicadas 3.109.685 doses e 2.030.154 pessoas tinham tomado a primeira dose. 18,3% da população do Estado recebeu a D1 e 42% daquelas incluídas nos grupos prioritários definidos pelo Plano Estadual de Vacinação.

Depois de ultrapassar as 3 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 aplicadas, o Paraná comemora nesta terça-feira (11) mais um marco na campanha de imunização contra a doença. Durante a tarde, o Estado passou dos 2 milhões de paranaenses vacinados com a primeira dose do imunizante.

Até 15h16, o Vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde mostrava que 2.030.154 pessoas tinham tomado a primeira dose, sendo que 53% delas completaram o ciclo vacinal, com a aplicação das duas doses do imunizante. Ao todo, foram aplicadas 3.109.685 doses. Até a tarde desta terça, 18,3% da população do Estado recebeu a primeira dose e 42% das pessoas incluídas nos grupos prioritários definidos pelo Plano Estadual de Vacinação.

De cada dez vacinas recebidas pelo Paraná do Ministério da Saúde e distribuídas aos municípios, oito já estão nos braços dos paranaenses. “É uma grande alegria saber que, a cada dia que passa, mais pessoas são imunizadas no Estado. Cada marca que atingimos é um passo a mais para vencer a pandemia de Covid-19”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

“Os municípios têm sido nossos grandes parceiros, com profissionais comprometidos para fazer a vacinação acontecer. O Estado garante os insumos e a logística, o governo federal envia as doses dos imunizantes e cada município disponibiliza sua estrutura e a melhor estratégia para vacinar os paranaenses”, acrescentou o governador.

O Estado já entregou 3,7 milhões de doses aos municípios. As mais de 2 milhões de vacinas aplicadas correspondem a 80,3% das 2,5 milhões destinadas para a primeira dose. Também foram aplicadas 88,4% das 1,2 milhão de vacinas enviadas para serem usadas como dose de reforço, um total de 1.079.531.

GRUPOS PRIORITÁRIOS – Com a marca atingida nesta terça-feira, o Paraná já vacinou com a primeira dose cerca de 92% das pessoas com 60 anos ou mais, além de um número maior de trabalhadores de saúde do que o previsto inicialmente no Plano Estadual, já que novos profissionais estão contratados para fazer frente à doença.

Até agora, 1.644.374 idosos tomaram a primeira dose, sendo que 807.970 também já receberam a segunda. Nos profissionais de saúde, foram aplicadas 325.751 primeiras doses e 247.570 segundas doses. Também já foi imunizada grande parte das pessoas idosas institucionalizadas, pessoas com deficiência em instituições inclusivas, indígenas, quilombolas e comunidades tradicionais.

Desde o mês passado, a vacina também está sendo aplicada nos trabalhadores das forças de segurança e salvamento e das Forças Armadas, sendo que 9.808 profissionais já receberam a primeira dose.

Com a vacinação atingindo grande parte do público idoso, o Estado passou, então, a vacinar pessoas com idade entre 18 e 59 que tenham comorbidades, além de gestantes e puérperas, e pessoas com deficiência permanente grave. A Secretaria da Saúde começa agora a distribuir as vacinas que serão aplicadas nos profissionais da educação, ação paralela ao retorno gradativo das aulas presenciais no Paraná.

Com um público de cerca de 1,3 milhão de pacientes com comorbidades, número que também inclui mulheres grávidas ou que deram à luz recentemente, o grupo é o que concentra o maior número de pessoas, de acordo com o Plano Estadual de Vacinação. Entre os cerca de 1,3 milhão elencados no plano, 20.391 receberam a primeira dose até o momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here