O Paraná fechou na segunda-feira (27) uma parceria com uma empresa chinesa para testar e produzir mais uma vacina contra o novo coronavírus.

Essa parceira é para a 3ª fase de testes. A 1ª e a 2ª fase deram 100% de resultados positivos.

A 3ª fase é considerada a mais importante. Ela testa a positividade e a segurança da vacina e também o grau de imunização. É a última etapa de testes antes de pleitear a autorização para a produção da vacina.

Os testes serão feitos em profissionais da saúde de todo o estado e devem durar de três a quatro meses.

Se os testes se comprovarem eficientes, o Paraná poderá produzir essas vacinas e distribuir para o Brasil e para a América do Sul.

Na segunda-feira, o diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Jorge Callado, afirmou que o laboratório do estado tem estrutura para produzir essas doses.

O diretor da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Nestor Werner Junior, disse que ainda não tem uma data exata para começar, mas deve iniciar o mais rápido possível.

“É uma parceria de muita expectativa e de muito potencial para o estado do Paraná – não só no desenvolvimento, mas também para garantir a vacina para todos os paranaenses”, explicou Junior.

Esses não são os mesmos testes que estão sendo feitos em profissionais do Hospital de Clínicas (HC) de Curitiba. Aqueles são testes de outras vacinas que estão sendo produzidas por outro laboratório chinês.

Em todo o mundo, estão sendo testadas 130 vacinas contra a Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here